Boiando em Moçambique

Desventuras de Rafael Moralez na África


2 Comentários

Rick Martin

Pequenos lagartos, espero ver animais maiores na Tanzania!

UÊPAAA… …um, dos, três… …assim dizia Rick Martin, grande ex-menudo, ator, cantor, dançarino, coreógrafo e latino nas horas vagas!

Olha gentes… …sei que já desliguei o computer e disse que nem ia mais postar nada aqui até ano que vem mas mudei de idéia… …e como eu que mando nesse boteco aqui vou reativar agora e pronto acabô!

Essa história de votação e que voltaria só em janeiro é tudo conversa fiada! Falsas promessas… …aqui anda quente e tentei despachar a bicicleta para Johanesburgo hoje no aeroporto, mas nem deu!

Primeiro que cheguei lá e tinha umas três caixas de carne, veja bem caixas aqui não quer dizer nada refrigerado, são caixas de papelão com carne ensacada dentro, tudo ao natural, na temperatura ambiente, só que elas chegaram no dia anterior e ninguém veio buscar, então tava tudo lá podrão, com mosca verde pra tudo quanto é lado, e todo mundo saltitando igual balé pra não pisar na água que fedia pacas, e eu lá com a bike empacotada pensando:

-Se a caixa da bike encostar nessa água vai feder pro resto da vida!

Mas fiz uma curvinha e passei pelo perigo maior, a poça de sangue e água, desconsiderei psicologicamente as moscas verdes e o fedor já tava normal no nariz, deu aquela amortecida sabe! Fui setor de cargas adentro, mas descobri que pra despachar vai sair mais caro que a própria bicicleta. Então ela vai ficar.

Coisas da vida! Às vezes precisamos nos despedir dos entes queridos!

Na saída um sujeito grandalhão com biotipo de sul africano vira pra mim e diz em português lusitano:

– Você tem um blog!!! Boiando em Moçambique!!?

– Sim, como você sabe? (é óbvio que é por causa da internet!!)

– Ah eu leio… …reconheci você, eu gosto de ler ele!!

Agradeci e nos cumprimentamos.

Saí felizão, mesmo sem poder levar a bike pro Brasil!

Daí sentei aqui e resolvi que vou continuar com esse boteco aqui aberto!

É isso aí!

Segunda estarei rumo a Tanzania, seja  que Jah desejar!

Ao som de Samba Concorrência – Ao vivo no Berlin Estúdio

Sapo na água do cão! Um costume local!


4 Comentários

E assim..

Last cartoon

Pois bem meus camaradas, meus comparsas… …aqui o trabalho praticamente acabou, falta só um relatóriozinho que já tá quase pronto… …então me mando dessa terra moçambicana (graças a Jah porque meu saquito já encheu!) e vou África afora!

A votação deu que o blog vai continuar, mas pra onde eu vou agora não sei se tem computer e nessas épocas de fim de ano devo ficar longe de teclas e monitores.

Então esse é um post de pause!

Sugiro que parem todos também…

Abrazos a todos… …e que essas próximas semanas sejam divertidas e tranquilas.

Thanks a todos que leram e que me mandaram mensagens elogiando ou criticando (ninguém criticou! há)

Voltamos em janeiro… …espero!

Falous

Ao som de Guy Klucevsek – Stolen memories


3 Comentários

Placas e plantas!

Hello crazy people!!

Aqui tudo em paz como manda o satanás!

Mas novesfora o tempo anda rápido, e o trabalho também! Fui Nessa loja fazer o serviço e correu tudo bem. Pegamos o de cor verde e o amarelo que tem peças sobressalentes. Mas tem que ajustar com tecido pois o sistema rejeita outros tipos de material e não colocar muito sal sempre de olho no azymute. Como vocês podem perceber no letreiro da loja eles trabalham com o mesmo sistema que temos no Brasil, mas aqui é um pouco diferente. Ah… …e o interessante é que se você deixa fora de casa uma noite ele não infla como os outros mas sim condensa! Interessante né!

A pintura da fachada diz tudo!

Close do escrito:

E precisa dizer mais alguma coisa?!

Passei em frente e fotografei, depois entrei pra ver o que era e não vou contar a ninguém,  o texto acima é só pra confundir, só eu sei… …SÓ EU SEI!!!!!

HAHAHA NÃO ADIANTA HE-MAN!!!

Esse era o esqueleto do desenho do He-man que tanto assisti na minha infância, ele era o personagem mais legal, mas sempre tinha o xarope do herói pra ganhar no fim… …paciência!

Mas não é só desgraça e He-man não!

Passei por esse jardim de florezinhas bonitinhas! Levaria todas elas para minha namorada (isso é uma declaração!) mas elas secariam na droga do avião da South Africa Airways!

São tantas...

Vou exercitar mais minhas declarações! Ainda tá ruim né! Mas Pati te levo várias flores quando em Sampa estiver ok!

Passei também por uma praça e lá tem uma escultura em homenagem a OMM (Organização da Mulher Moçambicana);

Mas... ...a organização não devia justamente libertar as mulheres dessa tradição?

Na placa acima você vê duas mulhers, uma com uma marreta que aqui usam pra quebrar pedra e outra com uma enxada que aqui tem um desenho diferente (o da direita), a enxada tem um calcanhar. Mas a mulher aqui já trabalha pacas, elas deveriam deixar de fazer isso e ir estudar ou fazer o que estiver afins… …a estrela dispensa explicações! Vem do socialismo, Che Guevara essas influências do mal!!  HAHAHA NÃO ADIANTA SERRA A DILMA IRÁ VENCER!!!

Viajei fortão agora hein!

Bom… …mas o Che é muito lembrado aqui, até nos tênis All Star:

All Guevara o preferido de 9 entre 10 estudantes de sociais da FFLCH, porque sempre tem um filhinho de papai que é PSDB e usa nike!

Fico imaginando as propagandas possíveis para esse tênis, ele poderia ter um slogan do tipo:

Faça a Revolução, mas faça com estilo… …All Guevara, hay que endurecer pero sin perder las tendências fashion rocker jamás!

Ou então:

A revolução começa pelos pés!

Ui…

Bom… …tá na cara que é falsificado, mas o Che deve estar todo pimpão porque tem um All Star com sua foto… …deve estar não!

Voltando ao totem da OMM, achei ele com um formato meio fálico demais para uma organização feminista-socialista:

...é... ...a imagem fala por si!

Continuando com as placas em Maputo me deparei com esse salão aqui;

Queria muito conhecer o cara que pintou essa placa, ele deve ter quadros interessantíssimos!

Não deu muita vontade de entrar e cortar o cabelo não! Se bem que o resultado poderia surpreender!

Mas em compensação a placa do restaurante Mapiko é um achado;

Não comi no Mapiko... ...mas recomendo!

É um cachorro? É um dinossauro? É o Gorpo? (hoje ressucistei o He-man!)

Me diz aí que diabos é esse desenho?

Por fim a árvore monstro… …vocês conseguem ver a cabeça de um monstro!

Ele tá com a boca aberta...

Amanhã tem trabalho pacas e adivinha o que tem de almoço?

Rango de frango pela milésima vez!

Tudo isso ao som de Dead  Kennedys, disco antigão!

Falous!

Aprazos!

Rafa


3 Comentários

Produto(r)

Aqui tudo anda bem!

Prometi não falar mais de cabritos, mas eis que ao acordar hoje me deparo com vários deles aqui em casa mesmo, então não posso deixar de especular mais um pouco sobre o assunto. A Sonia que mora aqui comprou uns cabritinhos para levar sei lá pra onde! Fui ter com os mesmos, são tanquilos e falantes!

Um deles subiu na cadeira e ensaiou um discurso, ele disse bééééééééé béé béééééééééééééé e olhou pra mim!

Ninguém deu muita atenção ao discurso... ...as mesmas velhas promessas de sempre!

Depois foi a vez de esperar pela vez de falar… …em fila!

São animais organizados e democráticos os cabritos! Todos tem sua vez...

Mas esperar pela vez cansa!

Senta que lá vem a história!

Depois  de passar bons momentos com os cabritos fui consertar uma camisa com o Sr. João, costureiro de mão cheia. O menino sei quem é não… …tava lá de curioso! Mas falava pacas!!  Aqui costurar é um trabalho só de homens, as mulheres vão todas pra machamba (roça) carpir e cuidar do trabalho pesado!

Serviço de primeira, minha camisa ficou boa pacas!

Fui comprar um rango, e acabei me deparando com isso aqui que não sei o que é, nem pra que serve, tampouco como se faz, mas vou comer de algum jeito:

A embalagem convenceu a adquirir, é um tipo de massa acredito eu!

E o sabonete parece embalagem de bateria de carro:

É forte hein!!!

Sei que vocês devem estra pensando que o cara vem pra África e fica tirando foto de cabrito, mas que que cê qué?

Que eu levante de manhã com uma lança, mate um Gnu tiro o couro dele no dente e depois vou desenhar na parede da caverna???

Péralá né meu!

Mas semana que vem estarei na Tanzania. Como diz Silvio, o Santos, AGUARDEMMMM!

Lá tem bicho pacas!

Enquanto isso a galera local passa bons momentos rachando lenha pra poder ter fogo pra janta!!

Tem um cidadão rachando lenha aí na foto, aperta os zóio que você vê!

ô diliça!!

Apreixes!

Ao som de Mastodon

Rafa


2 Comentários

Chuvarada!

Hey!

Então como disse uns dias atrás choveu pacas aqui! Vi na internet que em São Paulo também choveu muito, mas lá alaga e aqui um dia depois tá um poeirão danado!

Uma vez conversando com um inglês sobre a chuva torrencial de que ambos nos escondíamos debaixo de uma marquise eu disse:

– Much rain hã!!!

– Yes… …it’s good weather… …for ducks!! HAHAHAHAHAHAHA

E ficou rindo um bom tempo da própria piada! Daí ele olhava pra mim e dizia “Ducks! HAHAHAHAHAH!”, e eu pensando quando que a chuva ia passar pra eu me picar dali! Humor inglês né!

Por coincidência conheci outro gringo aqui hoje, americano, que se orgulhava de ter ido caçar na Zambia, e dizia todo feliz que tinha atirado em leão, elefante, girafa e não sei em quem mais… …porque que ele não atira na mãe dele né! Fala pros filhos saírem correndo e manda bala nos moleque, deve ser emocionante! Porque ele não atira em si próprio, não estamos vivendo um momento de auto conhecimento, muito livro de auto ajuda, Paulo Coelho (ou Paulo Conejo em español) e coisa e tals, então… …atire em você mesmo e seja feliz!

Voltando a chuva que cá caiu, isso fez a paisagem mudar deveras. Veja o embondeiro em outubro:

Aqui ele é bonitão, tem os galhos em fractais! Esse é bem grande!

Depois da chuva semanas atrás ele ficou assim ó:

Verdim... ..chega brilhá os zóio da gente!!

Notem que é a mesma árvore, vejam a construção amarela a direita!

E os rios não são diferentes, porém eles não ficam verdes, mas sim, cheios de água, que é o que se espera de um rio. Uma árvore convencional fica verde e um rio enche de água, o contrário pode ser um pouco bizarro, mas não menos interessante certo!? antes para ter acesso a água os habitantes dessa comunidade tinham que tirar do buraco:

Dureza hein!

E o rio que eu não sei o nome estava assim:

desértico!

Agora depois do pé d’água:

Uuuuuu... ...melhorou hein!

A margem do outro lado da ponte:

Tem umas casinha do lado direito... ..dá pra ver? Esse dia tava ruim de peixe, peguei nada!!

Depois da chuvarada:

Essa foto lembra até os corgo da àgua do Barbado lá em Cruzália!!!

E a criançada se diverte gritando: “MUZUNGO, MUZUNGO, FOTO FOTO!!!”

Alegria coletiva!

É o mesmo rio, se prestar atenção dá pra ver que a margem é a mesma. O calor ainda tá forte, mas deu uma melhorada.

Vou lá comer um rango de frango pra variar um pouco!

Falous

Ao som de Emicida – Pra quem já mordeu um cachorro por comida até que eu cheguei longe!

Rafa


1 comentário

Mais cabrito!

Hoje na ponte fiquei atento e registrei o transporte de cabrito de bike em outra modalidade. Coitado dos bichinho né… …sofre pacas! Mas não da pra exigir muita coisa deles aqui

Lotação máxima 2 cabritos

Tá tudo ficando verdinho por aqui. Choveu pacas e não demora nada as árvores e plantas aparecem com folhas e tudo fica mais bonito. Muitas plantas que vejo aqui encontramos no Brasil. Não sei o nome mas reconheço as folhas e caules e coisas e tals! O flamboyant está presente e bem vermelho! Mas de árvore grande só o embondeiro mesmo. Vou registrar eles verdinhos e com flores pra vóismice vê!

Si sunsse num quizé é só num vê!

Ah… …tem outro modelo de mochila de cabrito, mas essa é modelo bicho post mortem.

Mochila de cabrito versão escolar!

Queria mesmo era ir num show de metal daqueles bem desgraçentos mesmo!! Saudade da boa e mal tocada música pesada brasileira! Tem a bem tocada, mas eu prefiro a mal tocada!

Tem também o cabrito ensopado, frito, com molho e na brasa, mas esse é outro assunto que deixarei para um momento mais gastronômico. Transporte de cabritos é um assunto de grande relevância… …vale a pena gastar algumas horas de seu dia pesquisando, lendo e escrevendo a respeito!

Chega de cabritos! Prometo que não vou mais ficar tirando foto deles em situações vexatórias. Isso constrange toda a família cabrito. E eles são pessoas queridas, cidadãos de bem! Penso que os cabritos deviam estra mais presentes em nossas vidas, ainda mais nessa época de fim de ano, quando nos presépios de todo o Brasil eles lá estão ornando a cena do nascimento do menino Jéza!

A falta de assunto faz a gente escrever muita bobagem!

Ao som de Trilha sonora do filme The good, the bad and the ugly.

Falous

Rafa


4 Comentários

Mochila de cabrito

Aqui eles levam cabritos pra tudo quanto é lado. Eles e o gado são um símbolo de status social, assim como no Brasil as pessoas mais materialistas olham o carro importado da pessoa e a julga pela marca, aqui quanto mais cabrito e boi você tem mais playboy você é!

O interessante é que mesmo com um grave problema de fome as famílias muitas vezes não abatem e comeme esses animais, eles servem apenas para manter o grau de importância do pai diante da sociedade, já que são extremamente machistas e só o homem tem vez e voz e viva voz. É contraditório, mas assim o é!

Gostaram do “assim o é!” hein… …tenho meus momentos.

E os cabritos são transportados de todas as formas possíveis. Uns pastoreiam, outros levam debaixo do banco das chapas (Chapa é a lotação local!), outros na bike na garupa e alguns são mais destemidos, sagazes, intrépidos…

Inacreditível hein... ...imagina o futum que deve ficar as costas!

As galinhas não recebem tratamento VIP!!!

Leva-se o quanto cabe no guidão!

As fotos foram tiradas pelo Edward, camarada que trabalha aqui comigo, com seu celular! Vou tentar registrar as Chapas, um espetáculo a parte!!

Abraços!

Ao som de  Johnny Cash – American IV-The Man Comes Around